Adiada Votação da Taxa Ambiental em Gov. Celso Ramos

Os vereadores de Governador Celso Ramos, na Grande Florianópolis, decidiram adiar para a próxima segunda-feira, 14, a votação do Projeto de Lei (PL) que prevê implementar uma taxa ambiental durante todo o ano para veículos de fora da cidade. Na noite da última segunda feira, moradores e turistas foram até a Câmara e protestaram contra a proposta apresentada pelo prefeito, Juliano Duarte Campos.
Conforme a PL, a Taxa de Preservação Ambiental (TPA) fará com que visitantes que desejarem ir até a cidade desembolsem entre R$ 10 a R$ 150 durante todos os meses do ano.

No último dia 2, durante uma discussão em uma rede social o prefeito do município disse que a cidade não precisava de “farofeiros”, mas sim de “turismo de qualidade e não quantidade”. As palavras irritaram os moradores que se mobilizaram durante uma manifestação nesta segunda-feira.

Publicado em 31 de outubro no diário oficial da cidade, o Projeto de Lei enviado pelo executivo prevê a cobrança de taxas para turistas durante os 12 meses do ano. De acordo com o documento, veículos oficiais, fretes e proprietários que comprovarem cadastro imobiliário na cidade, podem solicitar isenção.

Valores:
Motocicleta, motoneta e bicicleta a motor: R$ 10,00
Veículos de pequeno (passeio, automóvel): R$ 25,00
Veículos utilitários (caminhonete e furgão): R$ 35,00
Caminhões: R$ 100,00
Ônibus: R$ 150,00

Click AQUI para ler o Projeto de Lei completo.

Fonte: Site dc.clicrbs.com.br

Comentários

Comentários

Powered by Facebook Comments