GRIPE A AMEAÇA BIGUAÇU

GRIPE A AMEAÇA BIGUAÇU

Na última segunda-feira (14/05), João Luiz da Cunha de 37 anos, começou a sentir os sintomas típicos da gripe, mas com alguns agravantes: vômito e muita falta de ar. Ele foi diretamente ao Hospital Regional, em São José onde recebeu a vacina. Apesar da tosse contínua e da falta de ar, disseram que ele estava bem. “Ele bateu uma chapa e já se pôde ver como o pulmão estava debilitado”, conta sua irmã Ana Lúcia. Como os sintomas continuaram, o paciente se dirigiu a Unidade de Pronto Atendimento de Biguaçu onde suspeitaram da doença. Logo após foi encaminhado para o Hospital Universitário onde realizou alguns exames e foi detectada anemia baixa. Com o resultado dos exames ele foi transferido para o Hospital Nereu Ramos onde ficou na UTI.

“Lá confirmaram que era gripe A”, disse a irmã de João. A moradora do bairro Carandaí salientou que além de seu irmão há mais dois suspeitos de estarem com gripe A – H1N1 no município. Após uma semana do ocorrido, o paciente continua internado, mas já se recupera bem. A preocupação agora é quanto às pessoas que tiveram contato com João neste período. “A família teve autorização para tomar a vacina, mas a nossa preocupação é com outras pessoas que tiveram contato com ele, e que depois foram trabalhar, tendo contato com outras pessoas”, diz Ana que salienta que a vacina faz efeito após 15 dias apenas.

Vacinação contra gripe prorrogada até 01 de Junho

Leia mais em www.jbfoco.com.br

Comentários

Comentários

Powered by Facebook Comments