Primeira edição da Revista SC Inova apresenta um panorama do ecossistema tech em Santa Catarina durante evento nacional

Portal referência em inovação no estado lança na quinta (04) edição impressa durante o Startup Summit, que reúne 5,5 mil pessoas de todo o país em Florianópolis.

Santa Catarina tem sido, a cada ano, referência nacional e internacional para o mercado de tecnologia, com a expansão de startups, centros de inovação, programas de empreendedorismo e capital para investimento. Com mais de 17,7 mil empresas e um crescimento de 28,4% entre 2019 e 2020, o estado é o sexto do país em volume de negócios, enquanto Florianópolis tem a maior concentração de empresas de TI por habitante, à frente de São Paulo e Curitiba.

 

Para mostrar em detalhes como este ecossistema de inovação está impactando o desenvolvimento de negócios no estado, será lançada nesta quinta-feira (04.08), durante o Startup Summit 2022, a primeira edição da Revista SC Inova, projeto liderado pelo jornalista Fabrício Umpierres Rodrigues, fundador do portal SC Inova (www.scinova.com.br), canal especializado e referência em tecnologia, inovação e empreendedorismo digital – e que completa 5 anos de atividade neste segundo semestre.

 

O lançamento acontece no estande da ACIF, no Startup Summit, às 16h30 desta quinta (04). Após o evento, a revista também será distribuída gratuitamente nos principais polos e espaços de inovação de Santa Catarina. “Escolhemos lançar a revista no Summit em função da grande presença de pessoas de fora do estado, além do que este evento representa também um grande encontro da comunidade empreendedora catarinense”, diz Fabrício.

 

A revista, com 52 páginas e tiragem de 5 mil exemplares, apresenta reportagens inéditas sobre o crescimento do setor tech no estado, com destaque para os principais investimentos e aquisições de startups catarinenses, entrevistas exclusivas sobre as novas tendências de Recursos Humanos para desenvolvimento de talentos e como as empresas de tecnologia para saúde em SC desenvolveram, ao longo dos últimos dois anos, inovações fundamentais para o combate à pandemia.

Comentários

Comentários

Powered by Facebook Comments